in , , , ,

Bolo é bom e eu gosto, mas a Confeitaria tem outras coisas?!

Bonjour,

Atualmente não sabemos se isso ainda faz parte do cotidiano familiar, mas quem nasceu na década de 70,80, por aí, quando crianças pedíamos um doce e geralmente a mãe ou a avó fazia um bolo, seja ele de laranja, chocolate, formigueiro, cenoura com chocolate e entre outros.

Delícia, bolo “caseiro” realmente tem gosto de infância, uma pena que a indústria tomou conta dessa área também e agora difícil ver sendo feito em casa, compra – se pronto que é muito mais fácil e prático, mas garanto que a casa não é tomada por todo aquele cheiro que sai do seu forno e a magia de ver uma massa de bolo baixa, crescer e ficar dourada, sem falar dos conservantes, mas isso é assunto para outro dia.

No entanto, tem algo que nos incomoda quando se trata da Confeitaria, principalmente no Brasil, a maioria das confeitarias, docerias, pessoas que trabalham com isso e até mesmo programas televisivos famosos lidam como se a confeitaria fosse apenas bolo, simples assim. E quando abrimos o leque e olhamos para janela cultural de outros lugares do mundo, descobrimos que existe uma infinidade de doces e sobremesas.

Então, nos perguntamos, qual é essa paixão nacional por bolo, que tomou conta da nossa confeitaria brasileira e que muitas vezes não abre espaço para outros produtos ou outras iguarias?

A história da confeitaria é adorável, cada doce tem em sua origem uma diferente história, como as comemorações, relatos de amor, vitórias ou até mesmo o medo dos jovens  que estavam aprendendo, e ao tentar  esconder de seus mestres os erros cometidos na receita, acabavam  descobrindo idéias geniais que se transformaram em grandes clássicos.

Claro que a sobremesa que conhecemos hoje, não era assim, há muuuuitos anos atrás, o doce era introduzido junto com o salgado, fazendo o agridoce, depois por volta de 1200 d.C é que a sobremesa começou a ser incorporada no cardápio, mas era servida antes das refeições, pois acreditava – ser que abria a alma e o estômago do comensal.

O bolo vem décadas mais tarde, pois antes os bolos eram mais parecidos e classificados como pães doces.

Bolo é ótimo!!! Um bolo fofinho, cheiroso, saboroso, úmido, as vezes com recheio ou sem recheio é fantástico, acompanhado com uma boa xícara de café ou com um suco bem geladinho é formidável.

Mas precisamos abrir o horizonte, ver além das montanhas, provar coisas novas, porque a confeitaria vai além deles, senão onde ficam os: pudins, cremes, sorbets, entremets,  profiteroles, Apple strudel, bala baiana, cheesecakes, pavlovas, canole, tartelettes, mil folhas, compotas, pé de moleque, macaron,folhados, gelatinas, quindim, curau, pavês e a lista é imensa, o que nos indica que existe uma confeitaria que vai além do bolo, certo?!

E aí qual sua opinião a respeito? Deixe seu comentário, ficaremos felizes 😀

Escrito por Fantastica Patisserie

Chefs Aline e Fernando, parceiros na vida e no business, apaixonados pelas doces e saborosas aventuras na Confeitaria e na Gastronomia.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comments

0 comments