in ,

Diniz Bar abre resgatando a história Santamarense

O Bar se instalou na movimentada esquina da Rua São Sebastião com a Av. Vereador José Diniz.

O lugar tem jovialidade de sobra pelos ambientes e destaca o clima de boêmia com o cardápio divertido. A inspiração do nome do bar homenageia um dos ícones do bairro, o José Diniz, apelidado carinhosamente de “Zé da Farmácia”, por ser uma pessoa bondosa e ajudava a cuidar de enfermos de forma gratuita. Ainda, era visto circulando no bairro com os amigos Roque Petrone Jr e Roque Petrella.

Dos “comes”, petiscos, porções, além de sandubas de boteco, pratos generosos e sobremesas vem recheados de humor. “Aqui o bonde não deixa de existir, pessoas e lembranças renascem pelos tocantes que fizeram à história do bairro”, comentam os sócios.

foto: @gastronominho

O menu inicia com as “Porções do Diniz” num total de 8, sendo algumas delas: Croquete Boa Vista (bolinho de carne com gorgonzola); duas repaginadas bruschettas, à Brooklin (salmão defumado e sour cream) e a Borba Gato (rosbife artesanal com creme gorgonzola e maionese) todas vendidas à R$ 31. Não passe batido e encare os petiscos que “Nunca Sai de Moda”, como o Passarinho do Chef acompanhado de vinagrete, R$ 38; Polenta Frita, R$ 31, Pastelzinho, R$ 32. Para os apreciam os lanches com  rosbife, filé mignon ou frango, há o Bauru do Diniz (rosbife artesanal, queijo prato, coleslaw, tomate grelhado e servido no pão da casa) à R$ 32. Entre as 9 opções de “Clássicos da Cozinha” está o Parmegiana, o Chorizo com molho de Chimichurri, ambos à R$ 52. Nas massas estão o Nhoque, Espaguete e Ravióli que variam no preço de R$ 28 à R$ 36.

Mas são os “bebes”, que transportam a brasilidade do local no contexto histórico e divertido, atrelado a pessoas que fizeram a história local. Criada pelo Bartender Jota R Lago, a carta de drinks é dividida em Farmacinha, Tônicos do Diniz e Sem sair dos Trilhos. A Farmacinha integra seis drinques repaginados e engraçados pelo nome que carregam, como o Músculo Mole, versão do Moscow Mule, que leva cachaça branca, limão taiti, xarope de gengibre e espuma de graviola, R$ 26; o Bombeirão do Antônio, homenagem ao corpo de bombeiros da Chácara Santo Antônio com gin, limão siciliano, purê picante de framboesa, xarope de romã e bitter de laranja, R$ 26; e o Sem Bula, feito com whisky Bourbon, licor de damasco, limão Taiti, clara pasteurizada e essência de chocolate, R$ 26.

Outra seção que merece apreciação são os “Tônicos do Diniz” que sugere o Cajú do Verador (caçhaça branca, caju massaricado com melado de cana, suco de caju e limão taiti), R$ 25; Galo da Granja (Cachaça Amburana, Vermouth Tinto, suco de laranja Bahia e Bitter´s Aromáticos, R$ 25. Destaque também para o Arrasta Bonde (gin, tônica, limão siciliano, pepino japonês e tomilho), R$ 24; e o Cura qualquer coisa (gin, tônica, laranja Bahia, Gengibre, Anis Estrelado e Manjericão), R$ 24.

Já categoria “Sem Sair dos Trilhos” agrega 4 bebidas sem álcool como o refrescante Ponche São Benedito (maçã, laranja, morango e cerejas picadas, calda marrasquino, especiarias e xarope de romã), R$ 15; e o Tomadinha (suco de tomate espanhol, limão siciliano, clamato artesanal defumado – muito usada na culinária da America do Norte –  e lemon peper), R$ 15, que faz alusão as antigas construções que usavam a cor das tomadas em vermelho, encontradas no bar.

Bar Diniz
Endereço: Rua São Sebastião, 169 – Alto da Boa Vista
Telefone: (11) 5524-1733
Horários de Funcionamento:
segunda fechado, terça à quinta, das 17h à meia-noite, sextas das 17h à 1h, sábados das 12h à 1h e domingo, das 12h às 22h.
Facebook: BarDiniz
Instagram: @bardiniz
Email: contato@bardiniz.com.br

Escrito por Alex Minho

Um designer gráfico autônomo que é apaixonado por gastronomia e começou essa aventura através das hamburguerias, sempre visitando novos lugares e experimentando novos sabores. Em todos os lugares, estamos passando por uma experiência visual junto com a gastronômica.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comments

0 comments