in ,

Lançamento: linha Padaria Wickbold

Pães da coleção trazem fermentação natural

A Wickbold aumenta seu portfólio de produtos com a linha Padaria Wickbold, na qual o foco são pães com fermentação natural, tanto na versão tradicional como Também na Integral.

Nos segundo caso, inclusive, o pão conta com sementes de girassol e chia, para ficar leve, com sabor e textura macia. Os dois modelos passam pelo processo de fermentação natural, com menos aditivos.

“Para o desenvolvimento dos novos itens do portfólio, realizamos uma análise profunda do mercado e do comportamento dos consumidores, que buscam alimentos mais sofisticados e novas experiências de consumo. A nossa operação de entregas frequentes nos supermercadistas nos possibilita trabalhar com ingredientes mais naturais e, consequentemente, levar mais frescor para a mesa do consumidor. No fundo, ninguém quer comer um pão com a validade muito longa, pois na cabeça do consumidor esse fato remete ao aumento do uso de conservantes”, conta Pedro Wickbold, Diretor de Marketing e Vendas da companhia.

Pães de fermentação natural usam apenas farinha, água e microrganismos para fermentar a massa, um processo que leva 36 horas. Depois, eles são desidratados, para ter o fermento natural.

“Esse procedimento é o responsável por trazer ao produto o aspecto rústico, com miolo cheio de alvéolos irregulares. Uma sugestão, inclusive, é colocar o pão no forno por cinco minutos antes de consumir. Assim, a casca ficará crocante. Outro aspecto surpreendente é o cheirinho delicioso ao abrir a embalagem. A preferência do consumidor por nossa marca, líder da categoria no país, passa pelos cinco sentidos”, diz Wickbold.

A novidade já está à disposição nos pontos de venda, em embalagens de 370g. A versão Tradicional custa em torno de R$ 5,99 e a Integral, com sementes de girassol e chia, R$ 6,49.

Wickbold
Site: Wickbold
Facebook: Wickbold
Instagram: @wickbold

Foto destaque: reprodução
Fonte: Trama Comunicação

Escrito por Carla Jaróla

Jornalista, fã de gastronomia, música, cinema e literatura. E beatlemaníaca.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comments

0 comments