in ,

Nova carta de drinques autorais do Jamile

Inspirado no livro “Prédios de São Paulo”, de Matteo Gavazzi

Assinada pelo bartender João de Souza, reúne oito criações nomeadas com os edifícios mais emblemáticos da capital paulista. “Martinelli“, “Altino Arantes” e “Cícero Prado” são alguns deles.

“Além de homenagear a cidade onde nasci e vivo até hoje, também gosto de valorizar os ingredientes nativos que o nosso país oferece. A matéria-prima é sempre fresca, o que facilita nosso trabalho”, destaca o bartender.

João de Souza realiza misturas inusitadas com elementos já conhecidos do público brasileiro. É o caso do “Copan“, que leva um toque de amargor, feito com cachaça, vermouth rosso, infusão de mel e coentro, finalizado com água de laranjeira. Já o “Tereza Toledo” traz o frescor do maracujá com pó de pimenta rosa e rum. “Utilizei a pimenta rosa para termos um sabor não convencional e é um drinque que agrada paladares mais aguçados”, ressalta.

“Brícola” foi inspirado nas tardes de chás do antigo edifício Mappin, da Rua João Brícola – no centro da capital. É um drinque que leva gin, infusão de vinho rosé com canela e maçã, licor marrasquino, Aperol, licor de jabuticaba e suco de limão. Já o “Martinelli” (foto) é uma das criações mais delicadas – até pela taça em que é servida – tem estética impecável, gelo em formato de bola e uma mini flor que finaliza. É um drinque com característica herbácea, feito com gin, mix de chás (hibisco e capim santo), tintura de sal, água de rosas com toque de amargor de bitter de zimbro e Fernet.

Para homenagear o Artacho Jurado – responsável pela criação de prédios icônicos – o bartender criou o “Artacho-cola”, feito com vodca de baunilha, mix de sucos (melancia, abacaxi e limão) e gaseificado com especiarias. É uma ótima pedida para quem busca uma combinação mais adocicada.

“Palacetes Chavantes” traz combinações singulares, porém equilibradas; o barman indica para um pós jantar. Sua base é o licor artesanal de figo acompanhado de café espresso, louro em pó e gotas de limão.

Dentre as receitas, João de Souza destaca duas preferidas. Uma delas é o “Altino Arantes”, sua versão autoral do clássico New York Sour. Para dar um toque brasileiro, de Souza utiliza o xarope artesanal de cumaru e uma redução de vinho do Porto com licor de jabuticaba, acompanhados de whisky e mix de limão; outra é o “Cícero Prado” – edifício localizado no centro de São Paulo, onde o bartender sonha em morar desde pequeno. O drinque é feito com cachaça, vermouth artesanal e ameixa passa.

Novos drinques Jamile:

  • Altino Arantes (R$33): whisky, xarope de cumaru, mix de limão, redução de vinho do Porto com licor de jabuticaba;
  • Artacho Cola (R$33): vodca de baunilha, mix de sucos (melancia, abacaxi e limão) gaseificado com especiarias;
  • Brícola (R$31): gin, infusão de vinho rosé com canela e maçã, licor marrasquino, Aperol, licor de jabuticaba e suco de limão;
  • Cícero Prado (R$41): cachaça, vermouth artesanal e ameixa passa;
  • Copan (R$33): cachaça, vermouth rosso, infusão de mel e coentro, água de laranjeira;
  • Martinelli (R$39): gin, mix de chás (hibisco e capim santo), bitter de Fernet e zimbro, tintura de sal e água de rosas;
  • Palacete Chavantes (R$27): licor de figo artesanal, café espresso, louro em pó e gotas de limão;
  • Tereza Toledo (R$33): rum escuro, maracujá e pó de pimenta rosa.

Jamile Restaurante
Endereço: Rua Treze de Maio, 647 – Bixiga
Telefone: (11) 2985-3005
Site: jamilerestaurante.com.br
Instagram: @jamile_restaurante
Facebook: /jamilerestaurante

Foto destaque: Bruno de Lima

Escrito por Alex Minho

Um designer gráfico autônomo que é apaixonado por gastronomia e começou essa aventura através das hamburguerias, sempre visitando novos lugares e experimentando novos sabores. Em todos os lugares, estamos passando por uma experiência visual junto com a gastronômica.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comments

0 comments